Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
Formação
23.Jan - Como venço o meu desânimo?
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Como venço o meu desânimo?


Vencer o desânimo passa pelo poder de decisão pessoal


Surgem tristezas durante a vida: traumas e marcas, situações que não aceitamos e que ferem profundamente o nosso ânimo. Sofrimentos que chegam quando menos esperamos: o falecimento de alguém, uma doença, dificuldades na família, com o filho, a filha, o marido, a esposa, os pais; situações que, às vezes, nos decepcionam. Por algum motivo qualquer, a tristeza pode aparecer. Mas você não pode se entregar a ela.


A pessoa paga um alto preço quando se entrega ao desânimo, a partir das tristezas da vida. A entrega de si às doenças da alma, quando se perde a alegria, a paz, a saúde, desarticula tudo e tudo se transforma em “pré-ocupações”. Desculpe, mas a vida se transforma num inferno e não é assim que você merece viver.


Mas como conseguir força interior? A decisão já foi tomada, mas você pode dizer: “Ainda sinto fraqueza, como conseguir ânimo tão de repente?”.


Vencer o desânimo passa pelo poder de decisão pessoal. Não estou minimizando seu problema. Talvez você saiba que o seu problema é impossível de ser resolvido, mas aí está o mais importante: para que Deus possa agir em sua vida é preciso que você acredite, acolha e DECIDA.


Há pessoas que pensam que os problemas acabam com a vida. Não! Os problemas estão aí para serem resolvidos e Deus já lhe deu a força. Essa força chama-se Espírito Santo e é capaz de transformar toda a sua vida.


Seu irmão,


 


Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova



Fonte: Canção Nova

Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 59%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 62%

    META MENSAL

    Joinville
  • 57%

    META MENSAL

    Montes Claros
  • 53%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2019 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.