Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
USA
Formação
16.Mar - São José: homem obediente, casto e pobre
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
São José: homem obediente, casto e pobre

José descendente de Davi destinado a casar-se com Maria: dá pra visualizar toda preparação, os planos, os sonhos, o desejo de formar uma família de construir um lar. A vontade de serem inteiramente um do outro. Até então todos os olhos estavam voltados para os preparativos do grande dia.  De repente, Maria se encontra grávida de um filho cujo pai não é José.  Como homem justo, temente a Deus, decidiu rejeitá-la secretamente para protegê-la.  Ele deve ter ficado bastante confuso, mas mesmo assim optou por resguardar Maria usando de misericórdia, evitando que se cumprisse a lei do apedrejamento sobre ela.


Mas o Senhor tem seus planos, um anjo visitou José em sonho e lhe descobriu os olhos: “José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo.” (Mt 1,20).  A partir daí José assumiu Maria e seu filho em sua vida para cuidar, zelar, proteger e amar. Fez da sua vida uma oferta a Deus, e O colocou em primeiro lugar, foi além das suas necessidades, dos seus sonhos e planos para com Maria, pôs- se em estado de escuta ao Senhor. Sua vida não mais lhe pertenceu.


Hoje, nós homens, precisamos, como bons “Josés”, assumir a nossa vida em Cristo, achegarmos a Ele, trazê-Lo junto de nós em nossas famílias, em nossos trabalhos. Precisamos perder o medo de perder tempo com Deus, abrir mão do que nos prende e nos impede de experimentarmos algo maior que a nossa concepção possa alcançar.


José foi um homem obediente, casto e pobre. Foi obediente corajoso, porque aceitou o plano de Deus em sua vida. Questionou, mas foi fiel quando descobriu que era a vontade divina.  Cuidou, zelou e amou o que Deus o confiou; isso é castidade, é cuidado, é amar acima de tudo o que planejamos ou queremos. Vai além da sexualidade. José assumiu a sua condição, o seu chamado. Esvaziou-se de si mesmo, foi pobre.  


Peçamos a Deus essa graça de como José assumir a nossa condição e o nosso chamado, e agirmos como ele como nos narra São Mateus :“Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa”. (Mt 1,24)


Que Deus abençoe a todos!


 


Bruno Donato Ferreira Neto - Missionário Consagrado Arca da Aliança



Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 49%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 38%

    META MENSAL

    Joinville
  • 40%

    META MENSAL

    Montes Claros
  • 55%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2019 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.