Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
USA
Formação
02.Mai - Ser presença de Deus através da dança
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Ser presença de Deus através da dança


Entre  todos os teatros que já participei, posso ter certeza que este foi o que mais me tocou.


Todos os desafios encarados quando participamos de um teatro, se fazem mais fáceis quando o nosso centro e objetivo é ser PRESENÇA DE DEUS é expressar o seu amor através do  personagem.


O meu papel sempre é dança, cada coreografia, por mais repetitiva que seja, traz uma emoção diferente, um sentimento distinto. É algo que não se faz monótono (cansativo).


Já representei anjo, flageladora, tentação, alegria, dor, anunciação... É difícil para uma amadora saber  controlar todas  as expressões, tanto facial quanto corporal durante a coreografia, mas sempre Deus me surpreende de uma forma que, mesmo se for improvisado, parece que  estou dançando no céu e me esqueço de qualquer preocupação, apenas danço.


Este ano sabia que Deus tinha algo preparado para mim. No teatro representei a tentação  no horto e a dor de Jesus na flagelação, duas coisas completamente diferentes mas que me passaram a mesma mensagem: o amor de Deus por mim.


Na tentação  fiquei cara a cara com Jesus, via nos seus olhos a dor, a angústia, o sofrimento e não parava de pensar que tudo isso foi por amor a mim. A respiração ofegante que ele apresentava, o  seu coração, provavelmente pesado de medo, fez o meu coração acelerar e finalmente entender o verdadeiro significado da Cruz. Foi um minuto que realmente  valeu a pena.


Depois de todo aquele momento, saí às pressas para me arrumar, pois tinha outra dança. Estava nervosa, porque não tinha preparado nada, teria que improvisar e a importância que tinha esse papel era grande. E então apenas disse seis palavras: “Vinde Espírito Santo, dance em mim!”; e quando eu entrei comecei a chorar porque toda dor que Ele passou na flagelação eu sentia, as suas chagas, o seu sofrimento foi algo muito real, as chicotadas, bofetadas, cusparadas, e Ele simplesmente acolheu e sentiu, é um sentimento que não consigo expressar em palavras, mas se tivesse a oportunidade de passar por ele de novo, passaria porque foi único.


Quando acabou me senti amada.


No final do teatro uma irmã de comunidade me disse que chorou durante o meu solo, que naquela coreografia, ela viu amor - eu me arrepiei toda e agradeci - e depois percebi que o único sentido da cruz é o amor, ao extremo!!


Maria Clara Monteiro Pagano



Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 44%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 33%

    META MENSAL

    Joinville
  • 30%

    META MENSAL

    Montes Claros
  • 30%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2019 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.