Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
Notícias da Igreja
 
12.Dez - Missa na catedral de Campinas recorda vítimas de tragédia
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Missa na catedral de Campinas recorda vítimas de tragédia


Catedral lotada com fiéis comovidos e reunidos em oração. Este é o cenário desta quarta-feira, 12, na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), palco de uma tragédia no dia de ontem: quatro pessoas morreram e outras ficaram feridas vítimas de um atirador, que logo em seguida tirou a própria vida. 


Desde o ocorrido, no início da tarde de ontem, a igreja estava fechada em virtude do processo de investigações. A Catedral reabriu suas portas às 12h de hoje e logo em seguida foi celebrada uma Missa em sufrágio das almas dos fiéis falecidos.  


A celebração foi presidida pelo pároco da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, Monsenhor Rafael Capelato. Durante a homilia, ele se fez solidário com as famílias das vítimas, expressando que a arquidiocese está acompanhando de perto este momento triste para as famílias. 


“Estamos sofrendo com vocês, vocês choram e nós também choramos, mas o Senhor Jesus é a nossa força. Sintam-se abraçados por toda a arquidiocese de Campinas”, disse Monsenhor Rafael.


O pároco da Catedral destacou ainda a presença dos padres da arquidiocese junto às famílias das vítimas nos velórios, como sinal de solidariedade e comunhão da Igreja neste momento de dor. 


Ontem, a arquidiocese de Campinas emitiu uma nota oficial, em que se solidarizou com as vítimas da tragédia. “Lamentamos profundamente o ocorrido. Sofremos com as pessoas que neste momento choram a morte de seus amigos, irmãos e parentes. Pedimos a oração de todos para que estas famílias encontrem em Deus o conforto e a paz”.


A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também expressou sua solidariedade, por meio de mensagem enviada pela presidência da entidade ao administrador apostólico da arquidiocese, Monsenhor José Eduardo Meschiatt. 


“O senhor, por favor, transmita a proximidade da Presidência da CNBB a todas as pessoas que estão sofrendo, inclusive aos familiares do irmão que provocou essa dor. Deus, na sua misericórdia, o perdoe e conceda aos falecidos o descanso eterno”, afirma a mensagem. 


Entenda o caso


Nesta terça-feira, 11, por volta das 13h, um homem, posteriormente identificado como Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, entrou na Catedral Metropolitana de Campinas e começou a atirar. Estava em curso uma celebração eucarística, presidida pelo padre Amauri Ribeiro Thomazzi, vigário da Catedral. Segundo o sacerdote, foram mais de 20 tiros dentro da Igreja. 


Quatro pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas. Logo em seguida, Euler tirou a própria vida. As vítimas fatais do atirador foram: Sidnei Vitor Monteiro, José Eudes Gonzaga, Cristofer Gonçalves dos Santos e Elpídio Alves Coutinho. 


Ainda não se sabe a motivação do ocorrido. 


 


 


Da Redação, com informações do repórter André Cunha 



Fotógrafo: Elaine Santos

Fonte: Canção Nova

Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 30%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 30%

    META MENSAL

    Joinville
  • 35%

    META MENSAL

    Montes Claros
  • 25%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2019 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.