Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
USA
Formação
25.Ago - Conhecer a si mesmo
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Conhecer a si mesmo


Conhecer a si mesmo


  


“Conhecer realmente a si mesmo para chegar Àquele que nos é mais íntimo que nós mesmos.”


 


À luz desta frase de Agostinho, somos levados a ter um encontro com nossa interioridade e, consequentemente com o transcendente, que para nós cristãos, tem um nome, Deus.


Agostinho como homem inquieto pela busca de razões que fizessem sentido à sua vida, não hesitou em medir esforços para encontrar aquilo que denominava verdade. Uma verdade que estava condicionada a seu tempo e as suas percepções diante da cultura, da sociedade e da religiosidade de seu tempo. Incansavelmente, buscava justificativas, fatos, pretextos que tivessem coerência lógica para firmar seu projeto de vida. Entretanto, quanto mais buscava deparava-se com o desgaste da incerteza, da obscuridade, das respostas insatisfatórias.


Quanto mais procurava nos arredores, mais longe de seu interior permanecia. Embora tivesse uma concubina, amigos, prestígio social, nada disso o preenchia. Havia um espaço vacante. Ansiava por algo a mais, entretanto, deparava-se com o limite de sua condição humana. Os caminhos que havia trilhado, ao invés de dar um sentido à sua vida, ao contrário, só o esvaziaram.


Talvez, Agostinho, entrou numa crise existencial ou algo parecido. Precisava descobrir ou redescobrir quem era e suas aspirações mais profundas, que fizessem sentido ao que sua “alma” lhe convidava a viver. Fez a passagem da noite escura, onde se depara com o silêncio, solidão e a fragilidade da alma. Reencontra sua sensibilidade. É tocado pela Palavra!


Agostinho faz uma viagem em sua própria alma. Encontra seus limites, medos, egoísmos, suas pobrezas e fraquezas. Depara-se também com seus conflitos interiores, orgulho e humildade; amor e ódio; perdão e recusa; verdade e mentira; abertura e isolamento de si. Nesse turbilhão de sentimentos e pensamentos, se encontra. Encontra sua verdade! Reconhece suas qualidades e suas limitações. Percebe que há uma grandiosidade, um mistério que não consegue abarcar. Descobre-se como filho bem amado de Deus.  Aceita o chamado a vida em plenitude! Deus o chama a viver um propósito com toda inteireza de seu ser.


Assim como Agostinho, eu e você já passamos ou ainda aprofundaremos esse encontro conosco. Nem sempre é fácil. As vezes se torna desgastante e exigente. Temos muitos modelos e ideais e, por ora, temos dificuldades em reconhecer o chão da nossa realidade existencial.


Com sua vida, Agostinho nos ensina que o caminho se faz com os pés no chão. Se você quer, um encontro e crescimento saudável, tanto humanamente como espiritualmente, é preciso sentir a temperatura, a textura, a superfície e a solidez da terra da sua personalidade. Esse conhecimento de quem você é te levará a conhecer Aquele que habita em ti.


 


Mikaela Tavares


Missionária Consagrada Arca da Aliança



Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 60%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 40%

    META MENSAL

    Joinville
  • 30%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2020 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.