Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
USA
Formação
30.Abr - O Vírus do Amor
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
O Vírus do Amor


O vírus do amor


Podemos contagiar sem precisar sair de casa


 


“No coração da Igreja, eu serei tudo, serei o amor”. (Santa Terezinha)


No tempo atual, somos convidados a permanecer em casa para não contagiar o outro com o vírus. Somos convidados e até intimados a não aproximar-nos de ninguém, a evitar qualquer contato físico, manter-se o mais distante possível para se manter e manter o outro seguro. Permanecer no isolamento, ficar fechado em casa é a orientação que todos recebemos, assim observamos como que um senário de guerra, onde o inimigo é invisível e as armas não são suficientes para combatê-lo.


O que fazer? Como combater este vírus e tantos males que nos rodeiam? Todos buscam a resposta, ninguém se priva dos questionamentos e de tentar encontrar uma saída, todos lutam por uma mesma causa, aliados por conta de um inimigo comum, já não há mais diferença de classe social, nacionalidade, culturas, costumes, todos somos iguais, ricos e pobres, médicos e pacientes, autoridades e súditos, vendedores e compradores, provedores e repositores, estudantes e professores... Contudo estamos num tempo favorável como está escrito na carta de São Paulo aos Romanos: “Compreendam em que tempo estamos, e que já é hora de despertar. A nossa salvação está agora mais perto do que quando abraçamos a fé” (Rm. 13,11)


Acaso estamos adormecidos? Despertar pra quê? Despertar é abrir os olhos “A noite já vai adiantada e o dia vai chegando...” De certa forma todos estamos passando por esta crise mundial, e ainda bem que ela vai passar, assim nós cremos. Estamos ainda impossibilitados de aproximar-nos uns dos outros, porém estamos mais perto do que nunca, mais compassivos, misericordiosos, nunca foi tão forte a vivência da caridade. E neste aspecto existe um vírus que também é invisível aos olhos, está nas casas, está em nós e exprime todo o nosso ser, e esse ninguém deveria procurar extinguir, pois a Palavra já diz: “o amor jamais acabará” (I Cor. 13, 8-10).


É isso mesmo, o amor também é um vírus e este nos contagiou desde sempre, como está escrito: “O Senhor chamou-me desde o meu nascimento; ainda no seio de minha mãe, ele pronunciou meu nome” (Is. 49,1) e ouso dizer que também é um antídoto que cura tantos males, as feridas da alma e do coração, pois fomos amados até o sangue, porque só um louco de amor por cada um de nós, teria sido capaz de dar a vida pela salvação de todos, como o fez nosso Senhor Jesus Cristo, contagiando a humanidade inteira ao derramar sangue e água que jorraram do seu lado aberto na cruz.


Aquele que fez a experiência de ser tocado por esse amor, contagiado por esse vírus, jamais será o mesmo, santa Teresa dos Andes dizia: “Jesus, esse louco de amor, me deixou louca também”. E tantos outros que foram capazes de fazer o mesmo, doar a própria vida para que outros pudessem ser alcançados. Outro exemplo foi santa Terezinha, que nunca saiu da clausura e a través do seu sim generoso, alcançou a humanidade e se tornou a padroeira das missões, ela que tanto desejava evangelizar a todos e dizia: “No coração da Igreja, eu serei tudo, serei o amor”.


 Estamos vivendo o mandamento que nos deixou nosso Senhor Jesus Cristo: “Amar ao próximo como a si mesmo”, pensar no bem comum. Temos que despertar para esta realidade, a realidade do amor, “Pois se nos manifestou a bondade de Deus e seu amor para com os homens (Tito 3,4-5). O Senhor nos ama e cuida de cada um, e Ele mesmo nos fala: “Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado” (João 13, 34-35). Agora é o tempo favorável para deixar ser contagiado pelo vírus do amor, aproveitar o tempo em família, nas redes sociais para fazer um santo contágio. Rezemos juntos: “Meu Deus, se minha língua não pode dizer a cada instante que eu vos amo, quero que meu coração o repita tantas vezes quantas eu respiro” (S. João Maria Vianney). Repita aos seus também!


 


Graciela Isacia Farina


Missionária Consagrada Arca da Aliança


Missão Paraguai/ PY



Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 52%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 47%

    META MENSAL

    Joinville
  • 36%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2021 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.

Seja um doador
  • R$
    20,00
  • R$
    50,00
  • R$
    100,00
  • R$
    ,00
 
 
CARTÃO DE CRÉDITO
BOLETO
PIX
Dados PIX para Paulo Afonso em breve
Dados PIX para Blumenau l Chave de acesso: 47991866577
Dados PIX para Joinville l Chave de acesso: 47996440089

Preencha os campos abaixo e pague com o cartão de crédito

0123 4567 8910 1112 ANTONIO BANDEIRA Nome do Titular Vencimento Número do Cartão 01/23 MÊS ANO
985 Segurança Antonio Bandeira