Comunidade Católica Arca da Aliança
BRA
USA
Formação
28.Ago - Santo Agostinho
Aumentar Fonte +
Diminuir Fonte -
Santo Agostinho


 Santo Agostinho e a Arca da Aliança


 


Nosso Carisma de ser “Sinal da Presença de Deus” se realiza a partir de um profundo e incondicional amor a Nosso Senhor Jesus Cristo, e de um profundo e incondicional amor aos irmãos, oferecendo a cada um uma amizade e um amor desinteressados, tal qual aquele amor que de Deus recebemos gratuitamente, ao ponto de esvaziar-se a si mesmo para dar-se a nós, gerando os frutos de uma “fraternidade reparadora”, para restaurar a aliança de amizade do homem com Deus e dos homens entre si (Fl 2,5-11).


Este era também o sentimento de Santo Agostinho, que em sua regra, baseado em Atos 2,42, repete o tempo todo: “É para que vivamos concordes que o Senhor nos reuniu em comunidade”. “A multidão dos discípulos era uma só alma e um só coração” ao ponto de formar um “monos”, um só com Deus e um só com o irmão. Creio que por essa via realizar-se-á mais perfeitamente nosso Carisma de reparação, centrado em Jesus vivo, porém, a via de acesso é o irmão.


E aqui entra mais uma vez Santo Agostinho, que explicando para os seus o primeiro e o principal mandamento, dizia que na ordem do ser, o amor a Deus é em primeiro lugar, na ordem do agir, o amor ao próximo é o primeiro.


Portanto, poderia ser um despropósito uma espiritualidade reparadora ao Coração de Jesus sem esta dimensão humana, pois toda ofensa que se faz a Deus está ligada a uma ofensa a mim mesmo, ao próximo e a toda criação, da qual Ele criou para nossa satisfação. Então, sendo assim, na medida em que satisfazemos o coração do outro, estamos satisfazendo e reparando o Coração de Deus.


Santo Agostinho, nessa matéria, preferia uma comunidade de amigos mais do que de irmãos, porque o ser irmão gera uma certa obrigatoriedade, quanto que o amor de amigo é baseado na gratuidade. Com certeza o santo assegura a lógica do Mestre “Já não vos chamo servos, mas amigos” (Jo 15).


A meta e o propósito da Comunidade Agostiniana era gerar “apóstolos da fraternidade”. Para Santo Agostinho a fraternidade se constituía como que um quarto voto, superando em muito a todo e qualquer outro voto ou propósito. E ele mesmo dizia “Ama e faze o que quiseres”, era o amor que dilatava todas as normas, o ser e o agir, a pobreza, a castidade, a obediência, a missão. Tudo em fim, era ordenado a partir do amor a Deus e ao próximo, este era o fundamento, a pedra angular de sua regra e sua espiritualidade.


 


28 de Agosto – Dia de Santo Agostinho


 


 


Diácono Elias Dimas dos Santos


Fundador e Moderador Geral



Indique a um amigo
 
Receba em seu e-mail as novidades da Comunidade
 
Acompanhe nossas redes sociais
 
 
CLIQUE AQUI
E SAIBA COMO AJUDAR!
   
  • 77%

    META MENSAL

    Blumenau
  • 68%

    META MENSAL

    Joinville
  • 55%

    META MENSAL

    Paulo Afonso

Copyright © 2020 Comunidade Católica Arca da Aliança. Todos os direitos reservados.